___________________________

Blog

___________________________

Nascemos com o DNA da transformação. Com ele seguimos, rumo a um planeta sustentável.

Transformar para evoluir.

Esse sempre foi o lema do casal João Dionísio da Silva e Maria Aparecida Perissoto, que desde 1972 perceberam o valor do “lixo” e construíram uma história de sucesso, com muito trabalho e muita solidariedade, em Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo.

Em meados de 1970, com o objetivo contribuir com a renda familiar, Sr. João e Dona Maria abriram nos fundos de sua casa um pequeno depósito de sucata. A seriedade do trabalho e a vontade de ajudar as pessoas, aliado ao rápido crescimento do negócio, fez com que eles investissem tempo e espaço físico para o desenvolvimento do negócio. Começaram com um espaço maior para armazenar e aumentar o volume das coletas e logo mudaram de local para constituir a empresa em 1974.

O casal não sabia, mas naquele momento surgia o termo sustentabilidade, na Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo, na Suécia, em 1972. O evento trouxe a proposta de desenvolvimento sustentável, como aquele que é capaz de suprir as necessidades dos seres humanos da atualidade, sem comprometer a capacidade do planeta para atender as futuras gerações.

Naquela época o termo economia circular ainda não existia, mas era exatamente isso que a conferência trazia: a preocupação com o esgotamento dos recursos do planeta e os esforços em torná-los perenes e disponíveis.

E era isso o que Sr. João e Dona Maria estavam fazendo na prática, transformando resíduos em matéria-prima secundária de qualidade.

A grande mudança aconteceu em 1992 com a aquisição da primeira prensa automatizada de papel, o que gerou a contratação de mais funcionários e veículos para a coleta dos resíduos.

Com o crescimento e as novas oportunidades aumentando, em 2001, Sr. João decidiu passar a direção para seu filho Ronaldo Perissoto, que desde o início estava ao lado dos pais na pequena empresa, além de trazer como sócio o administrador de empresas Bruno Rocha, para avançarem nas estratégias mercadológicas e fortalecerem a corporação.

Uma empresa familiar, com princípios da coletividade e perpetuidade, fez a história da Dionísio Recicláveis, hoje chamada DI-ON Ambiental.

Transformar hoje.
Preservar amanhã.
Inovar sempre.

Foto: Edson Silva/FolhaPress

_______________________________________________________________________________________________

MTR

Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR)

Se você está envolvido no gerenciamento de resíduos, é provável que já tenha se deparado com o termo “Manifesto de Transporte de Resíduos” (MTR). Essa

Cooperativas de reciclagem

Entenda como trabalham as cooperativas de reciclagem

Além de desempenharem um papel essencial na preservação ambiental, as cooperativas de reciclagem também desempenham um papel crucial na melhoria das condições de vida das

CompromissoVerde

A DI-ON Ambiental e o Movimento ESG

Na DI-ON Ambiental, acreditamos que o compromisso com a sustentabilidade vai além de uma prática empresarial – é um compromisso com o futuro do nosso