___________________________

Blog

___________________________

Nascemos com o DNA da transformação. Com ele seguimos, rumo a um planeta sustentável.

Transformar para evoluir.

Esse sempre foi o lema do casal João Dionísio da Silva e Maria Aparecida Perissoto, que desde 1972 perceberam o valor do “lixo” e construíram uma história de sucesso, com muito trabalho e muita solidariedade, em Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo.

Em meados de 1970, com o objetivo contribuir com a renda familiar, Sr. João e Dona Maria abriram nos fundos de sua casa um pequeno depósito de sucata. A seriedade do trabalho e a vontade de ajudar as pessoas, aliado ao rápido crescimento do negócio, fez com que eles investissem tempo e espaço físico para o desenvolvimento do negócio. Começaram com um espaço maior para armazenar e aumentar o volume das coletas e logo mudaram de local para constituir a empresa em 1974.

O casal não sabia, mas naquele momento surgia o termo sustentabilidade, na Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo, na Suécia, em 1972. O evento trouxe a proposta de desenvolvimento sustentável, como aquele que é capaz de suprir as necessidades dos seres humanos da atualidade, sem comprometer a capacidade do planeta para atender as futuras gerações.

Naquela época o termo economia circular ainda não existia, mas era exatamente isso que a conferência trazia: a preocupação com o esgotamento dos recursos do planeta e os esforços em torná-los perenes e disponíveis.

E era isso o que Sr. João e Dona Maria estavam fazendo na prática, transformando resíduos em matéria-prima secundária de qualidade.

A grande mudança aconteceu em 1992 com a aquisição da primeira prensa automatizada de papel, o que gerou a contratação de mais funcionários e veículos para a coleta dos resíduos.

Com o crescimento e as novas oportunidades aumentando, em 2001, Sr. João decidiu passar a direção para seu filho Ronaldo Perissoto, que desde o início estava ao lado dos pais na pequena empresa, além de trazer como sócio o administrador de empresas Bruno Rocha, para avançarem nas estratégias mercadológicas e fortalecerem a corporação.

Uma empresa familiar, com princípios da coletividade e perpetuidade, fez a história da Dionísio Recicláveis, hoje chamada DI-ON Ambiental.

Transformar hoje.
Preservar amanhã.
Inovar sempre.

Foto: Edson Silva/FolhaPress

_______________________________________________________________________________________________

Dia Mundial da Reciclagem

Dia Mundial da Reciclagem

No dia 17 de maio, o mundo se une para celebrar uma prática vital para o futuro do nosso planeta: a reciclagem. Este dia é

MTR

Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR)

Se você está envolvido no gerenciamento de resíduos, é provável que já tenha se deparado com o termo “Manifesto de Transporte de Resíduos” (MTR). Essa